The Gates of Night

“Don’t worry, ” Jode said cheefully. It’s only the end of the world.”

Depois de meses à espera, eis que sai o terceiro livro da The Dreaming Dark Trilogy, The Gates of Night. Após o fim pouco simpático do segundo livro ( The Shattered Land) que me fez exclamar um sofrido NOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!, aguardava impacientemente este título, que devorei em menos de 5 dias, correndo as páginas com fome voraz.

 

The Gates of Night cover

Não é por acaso que estes livros retratam fielmente o ambiente do setting de Eberron, não fossem eles escritos pelo seu criador Keith Baker. Intriga e acção misturadas de forma fantástica, onde nada é exactamente como parece. As personagens são ricas e interessantes com conflitos próprios e passados misteriosos, que são tratados ao longo dos vários livros. A série pega em vários locais famosos no mundo de Eberron, como Sharn e Xen’drik e reconhecem-se abilidades e classes do jogo de Dungeons and Dragons pen & paper. O passo é agradável, sem tempos mortos, e podemos ver o ponto de vista das diferentes personagens, assim como que cada uma das personagens principais (ou seja os membros da “party”) é desenvolvida em particular, crescendo ao longo da série.

Ao ler os livros, senti-me envolvida no mundo de Eberron, e fiquei a gostar mais dele. Gostei muito dos livros e aconselho vivamente quem os quiser ler.

1 Comentário

Filed under livros

One response to “The Gates of Night

  1. Pingback: Son of Khyber « Paper Dragon

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s