Underdark em Eberron

O livro Underdark publicado pela WotC para o jogo de Dungeons & Dragons, na sua quarta edição, fornece muitas opções interessantes para os Dungeon Masters que gostariam de dar a oportunidade dos seus jogadores explorarem esse local misterioso e perigoso que é o Underdark. No entanto, um uso directo do livro será apenas possível em jogos no setting Core ou Forgotten Realms. Para um DM que joga em Eberron, como eu, será necessário dar um jeitinho e adaptar algumas coisas, como a criação do Underdark, deuses no mundo ou os Drow.

Em Eberron, o Underdark tem o nome de Khyber (pág. 199 do Eberron Campaign Guide) e foi formado nos primórdios da criação, de acordo com a lenda, quando o dragão ancestral Eberron envolveu a sua irmã Khyber depois de esta ter atacado Siberys, o outro irmão. Siberys tornou-se o Dragon Above (o Dragão de Cima), o anel brilhante visível nos céus, Eberron tornou-se o Dragon Between (o Dragão do Meio), o mundo físico (ou a superfície do mundo) e Khyber tornou-se o Dragon Below (o Dragão de Baixo), o sub-mundo de cavernas e túneis de onde surgiram terríveis monstros.

Aqui ficam algumas ideias para adaptar o conteúdo do livro Underdark a Eberron.

The Underdark


Torog

Em Eberron os deuses são mais ausentes do mundo em comparação com outros settings como Forgotten Realms, pelo que a ideia de um deus aprisionado no Underdark a andar por lá a rastejar não me parece muito correcta no mundo de Eberron. Por outro lado, Torog pode ser adaptado para um Demon Overlord que foi aprisionado nas profundezas de Khyber após a guerra com os dragões no fim da Age of Demons e as suas câmaras de tortura (Torog’s Torture Dens), locais em que a sua prisão toca outros locais de Khyber e entra em contacto com os habitantes das profundezas do mundo, retorcendo e influenciando essas criaturas.

Shallows

Esta zona mais próxima da superfície pode ser explorada para obter as afamadas khyber dragonshards, podendo ser encontrados os seguintes locais:

Forgehome: uma cidade mineira escavada pelos anões por baixo de Mror Holds ou um outpost da casa Tharashk que explora um veio profundo de Khyber dragonshards.

Maelbrathyr: uma das cidades afectadas no dia do Mourning, que causou que tivesse sido engolida pela terra e ter acabado algures em Khyber. Os seus habitantes podem ter escapado à destruição na superfície apenas para encontrar piores perigos e torturas debaixo do chão.

Dark Lake Ziggurat: a prisão de um demon overlord tão poderoso que distorce a realidade à sua volta, permitindo a passagem para outros planos.

Hraak Azul: uma cidade subterrânea habitada por trogloditas. Em vez de adorarem Torog, adoram um deus equivalente no mundo de Eberron, como The Mockery.

Howling Warrens, Hunting Grounds, Grell Colonies
podem ser usados como são descritos no livro.

Deeps

Nas zonas mais profundas de Khyber, podem encontrar-se zonas de ligação ao Elemental Chaos, correntes de lava que levam a esse plano, ou zonas em que a influência de Xoriat, The Far Realm ou Realm of Madness causou estragos na realidade, longe dos selos protectores dos druidas das Eldeen Reaches, na superfície.

Erelhei-Cinlu: visto que os drows em Eberron vivem nas selvas de Xen’drik em vez de no Underdark, esta cidade poderia ser alterada para servir uma comunidade de tieflings que vivem nas profundezas de Khyber, por baixo das demonwastes.

Xarcorr: apesar dos Gatekeepers terem conseguido selar os portais de Xoriat à superfície, brechas na realidade nas profundezas de Khyber permitiram a passagem do reino dos Aboleths.

Sunless Seas: os oceanos e rios nas zonas profundas de Khyber ligam a reinos e cidades no Elemental Chaos e por vezes desembocam na superfície em locais remotos de Eberron, como por baixo dos continentes de Sarlona ou Argonessen.

Past Masters, Buzzing Vaults, Mherkrul, Harshlands
podem ser usados como são descritos no livro. Não esquecer que até nos becos obscuros de Sharn, se podem encontrar mindflayers e beholders.

Feydark e Shadowdark

As imagens do underdark nos planos irmãos de Feywild (Thelanis) e Shadowfell (Dolurrn), podem ser usadas muito como estão descritas no livro, tirando as referências a Torog e a outros deuses. Como disse, os deuses em Eberron são ligeiramente diferentes.

As feyspires, cidades do Feywild que ficaram presas em Eberron após o Dia do Mourning, podem estar ligadas ao Feydark, túneis que levem bem às profundezas desse plano, em que ameaças como formorians ou myconids podem ser reais, para além dos problemas que batem à porta dos Eladrin que ainda vivem nestes locais.

Quanto ao Shadowfell, em Eberron não existe a Raven Queen para guiar os mortos, no entanto é crença geral que quando as pessoas morrem, as suas almas passam por Dolurrn (Shadowfell) antes de desaparecem no Grande Além.


Underdark é um livro cheio de boas ideias que podem ser adaptadas para qualquer campanha. Podem encontrar reviews do livro aqui:
Review do Underdark no Pen and Paper Portal
Review do Underdark no Critical Hits


Outros posts na série … em Eberron:
Player’s Handbook 3 em Eberron

Deixe um comentário

Filed under Dungeons & Dragons, Roleplay

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s